Notícias

Segundo dia do II Jogos Inclusivos

Deficientes e idosos animam a Vila Olímpica com atividades esportivas, culturais e de lazer. A maratona da diversão, nesta quinta-feira (25), começou às 8h e encerrou às 17h

Publicado por: adminolinda, em: 26/11/10 às 10:23
II Jogos Inclusivos da Cidade de Olinda

Idosos e idosas participam de Jogo de Damas no II Jogos Inclusivos da Cidade de Olinda - Foto: Thabata Alves/Pref. Olinda

Deficientes e idosos têm dia de intensas atividades de esportes, lazer e cultura nesta quinta-feira (25), segundo dia do II Jogos Inclusivos da Cidade de Olinda. Logo pela manhã, na quadra poliesportiva da Vila Olímpica de Rio Doce aconteceram as competições de futsal dos deficientes auditivos. Os meninos da Associação de Surdos de Pernambuco (ASSPE) foram os vencedores, na segunda colocação a Associação dos Surdos de Olinda (ASO), em terceiro o Centro Suvag de Pernambuco, seguidos da equipe do Geraldão.

Na área externa da Vila, uma oficina de fuxico com a artesã Suzana Almeida de Araújo animou as idosas. Suzana ensinou passo a passo como confeccionar um colete de fuxico. Divididas em grupos, as alunas construíram um colete por equipe. Enquanto isso, no espaço multicultural, homens e mulheres jogavam dama e dominó. Em clima de descontração. Outros preferiam conversar. Já dona Dinalva Pinto, 68 anos, não descuidou da saúde. Depois de uma partida de dominó passou pelo estande de enfermagem para aferir a pressão. “Estou com a pressão ótima. 11 por 8”, contou Dinalva.

No período da tarde, recreação, palestras sobre prevenção de quedas com o fisioterapeuta Carlos Coelho. Segundo ele, 90% das quedas dos idosos ocorrem em casa. Sendo, 70% dos casos acontecem entre o quarto e o banheiro. O médico destacou a importância em retirar de casa objetos que possam provocar acidentes. “Um tapete de fuxico pode ser usado para decorar uma parede, por exemplo. Mas, no chão ele pode provocar uma queda e causar uma lesão no fêmur. O que é muito comum”, destacou o fisioterapeuta. Em campo, as equipes do basquete sobre rodas da Associação dos Deficientes Físicos de Pernambuco (Adefepe) fecharam com chave de ouro as atividades do dia na quadra. Os atletas Inaldo dos Anjos e Adriano Fausto estavam contentes em participar da competição. “A iniciativa dos Jogos Inclusivos é muito boa, pois é uma oportunidade de divulgar o trabalho que a gente faz”, concluíram os jogadores.

Mais informações

Confira a programação completa: II Jogos Inclusivos da Cidade de Olinda

%d blogueiros gostam disto: