Notícias

Segurança: polícias Militar e Civil e Prefeitura de Olinda unem forças para diminuir índices criminais no município

Modelo de gestão da segurança pública no Estado foi apresentado durante reunião com o prefeito Renildo Calheiros e todo o secretariado. Plano de ação será implementado para reduzir a violência

Publicado por: Secom, em: 14/10/09 às 12:20
Arte: Diego de Luna

Arte: Diego de Luna

A Prefeitura Municipal de Olinda, a Secretaria de Defesa Social de Pernambuco e as polícias Militar e Civil unem forças para diminuir os índices de violência na cidade. Na tarde de ontem (13) foi realizada uma grande reunião para apresentar o modelo de gestão da segurança pública no Estado e um plano de ação que será implementado no município.

No plano de ação são eleitas as principais causas dos problemas que estão elevando os índices de violência para colocar em prática as estratégias operacionais. Bairros como Rio Doce, Peixinhos, Águas Compridas e Bultrins estão entre os focos de atuação por apresentarem altas taxas de criminalidade.

“Mostramos a realidade de Olinda e vamos batalhar para atingir a meta traçada”, afirmou o comandante do Policiamento Metropolitano da PM, coronel Éden Vespaziano. As ações serão realizadas em parceria com a Prefeitura, uma vez que a redução da violência vem junto com a melhoria na qualidade de vida da cidade. “Melhor acesso nas vias, pavimentação, projetos sociais e iluminação são exemplos de como o município pode contribuir”, explicou.

“Obras importantes já estão acontecendo na cidade. Em Caixa D´Água, por exemplo, apontado como um bairro com altos índices criminais, está em execução um projeto de urbanização de 50 milhões de reais. As obras irão contribuir também para mudar as estatísticas”, explicou o prefeito, Renildo Calheiros, que realizou a reunião com a participação de todo o secretariado. “Vamos direcionar os esforços para as áreas críticas”, completou o prefeito.

AÇÃO – No último domingo (11), as operações Avalanche e Sossego traçadas pela Polícia Militar em parceria com a Secretaria de Transportes, Controle Urbano e Ambiental de Olinda, coibiram a poluição sonora e a utilização desordenada na orla marítima da cidade. Com efetivo de mais de 80 homens, banhistas e barraqueiros foram orientados para melhorar a utilização da praia durante os finais de semana.

%d blogueiros gostam disto: