Notícias

Terapias integrativas no mês da consciência negra em Olinda

Atividades contam com a participação da Secretaria de Saúde

Publicado por: Redação da Secom, em: 09/11/18 às 12:48

Conversas e orientações sobre terapia integrativas e o fortalecimento da Política Nacional de Saúde da População Negra. Essa foi a pauta nesta semana no Centro de Apoio Psicossocial Infantojuvenil Valério Maciel Leitão (CAPSi/Valerinho), situado na Rua Pereira Simões, 72, Bairro Novo, Olinda.

A atividade faz parte das comemorações alusivas a consciência negra no Brasil, sobretudo, informando os serviços e ações existentes na rede de saúde de Olinda destinados a esse segmento, como por exemplo locais onde a população pode realizar o teste do pezinho. A programação também tem a finalidade de promover atividades para cuidar da saúde dos profissionais da rede.

A ação foi monitorada pela coordenadora da Atenção à Saúde da População Negra de Olinda, Carmem Cavalcanti, que reuniu os funcionários do CAPSi. Durante o encontro os profissionais da unidade participaram da parte teórica e prática com terapias integrativas, técnica milenar  chinesa.

“Precisamos levar essas orientações de conscientização para os serviços e nossa rede, sobretudo para fortalecer a política nacional da população negra, mostrando que o racismo no país não é somente interpessoal, mas também institucional”, comentou Carmem Cavalcanti.

A programação proposta para o mês de novembro prossegue na rede de saúde de Olinda, principalmente quando no próximo dia 20 será realizado um evento na Secretaria Estadual de Saúde destinado ao reconhecimento do Estado a Coordenação da População Negra de Olinda. A homenagem foi motivada devido ao destaque na prestação de serviços relevantes implementados com ações na saúde no município, denominado Saúde nos Terreiros.

Essa atividade de saúde reforça a importância da utilização dos espaços dos terreiros de matrizes africanas com atividades que mobilizam comunidades no enfrentamento às arboviroses e outras doenças, bem como a quebra de paradigmas e sensibilização dos profissionais nas questões referentes à raça/cor e luta contra o racismo institucional, diminuindo seus efeitos.

TERREIRO – Próxima atividade será dia 13 de novembro, pela manhã, na Tenda de Umbanda Caboclo Flexeiro, com o babalorixá pai Edson de Omulu, em águas Compridas, com serviços de saúde e Cidadania.

Este slideshow necessita de JavaScript.

%d blogueiros gostam disto: