Notícias

Tristeza é abordada de forma lúdica para estudantes de Olinda

Proposta busca mostrar aos jovens a relevância de externar as emoções

Publicado por: Redação da Secom, em: 20/09/18 às 13:33

O estado de tristeza assumiu uma roupagem lúdica na abordagem do assunto para estudantes da Educação Infantil da Escola Dona Brites de Albuquerque, em Olinda. Uma equipe do Centro de Atenção Psicossocial (CAPS i) Valério Maciel Leitão desenvolveu uma série de ações de maneira descontraída para mostrar aos alunos como encarar os momentos de melancolia e as formas de superação. O evento, que integra o Setembro Amarelo de prevenção ao suicídio, foi promovido nesta quinta-feira (20.09).

A garotada também acompanhou orientações sobre bullying e suas consequências.  A gerente do CAPS i, Cláudia Albuquerque, coordenou a as atividades. “Estamos falando da tristeza até abordar também o suicídio,  englobando a questão do bullying nas escolas, a baleia azul, a boneca momo e outros, que estão na internet. Essa iniciativa traz benefícios para as crianças por ser instrutiva e orientativa”, comentou.

Técnica de enfermagem da unidade, Elina Holanda, ressaltou a importância de dialogar com o corpo discente acerca da temática para alertar sobre os riscos da tristeza. “A nossa intenção é mostrar aos jovens a relevância de externar as emoções para serem ajudados e acolhidos”, enfatizou.

Texto e Foto: Gessyca Wanderley / Prefeitura de Olinda

%d blogueiros gostam disto: