Notícias

Troça da Secretaria de Educação de Olinda se prepara para frevar nas ladeiras do Sítio Histórico

“É só querer” vai desfilar pelas ladeiras do Sítio Histórico

Publicado por: Redação da Secom, em: 14/02/20 às 14:49

Por Pattricia Viviane

Este slideshow necessita de JavaScript.

Frevo no pé, solidariedade no coração e sustentabilidade na cabeça. Com este lema que a Secretaria de Educação de Olinda coloca sua troça carnavalesca “É só querer” nas principais ladeiras do Sítio Histórico. Será na próxima quinta (20), com concentração no Quintal do Centro Cultural Luiz Freire, a partir das 12h. A Rede Municipal de Ensino de Olinda, que é conhecida por seu bloco solidário, este ano pretende também deixar seu legado de contribuição com o meio ambiente.

A festa vai conscientizar os participantes para a redução a quantidade de resíduos pelos seus foliões. A primeira medida será a extinguir o uso de copos plásticos descartáveis. “O tempo de decomposição de um copo varia entre 250 e 400 anos. Em vez de usar uma porção deles neste carnaval, por que não levar seu copo de casa?”, pontuou o diretor do bloco, Alexandre Souza. Ao doar dois quilos de alimentos não perecíveis, passaporte para a festa, o folião receberá além da camisa uma caneca.

Outra atitude a ser tomada durante o desfile pelas ladeiras de Olinda será o descarte correto do lixo. O evento fez uma parceria com uma cooperativa de catadores de Olinda para garantir que todos os resíduos gerados durante a festa de Carnaval sejam reaproveitados ou reciclados, gerando, assim, lixo zero. Ao longo do desfile, a troça “É Só Querer” estará com um carrinho coletor dentro do bloco. “Além de produzir o mínimo de lixo necessário, devemos jogar no lugar certo. Isso facilita o trabalho de coleta e deixa a festa mais bonita. Recomendaremos que nossos foliões coloquem resíduos como latas, copos e canudos em locais apropriados, para que eles sejam reciclados e não acabem nas ruas, entupindo bueiros ou poluindo rios”, acrescentou o diretor do bloco.

De acordo com os dados da Prefeitura de Olinda, em 2019, mais de 50 toneladas de lixo foram recolhidos no carnaval – entre latinhas, plásticos e papelão. “Refletir, aliás, não só sobre aquilo que consumimos, mas também sobre o que descartamos é urgente. Se considerarmos que cerca de metade do lixo existente teremos uma noção do problema,” concluiu Alexandre.

SOLIDARIEDADE| Frevo no pé e solidariedade no coração é em ritmo de alegria que pretende que contagia toda a rede municipal de ensino para o seu carnaval. Há 35 anos, os professores da rede de ensino festejam os dias de momo com um carnaval solidário, quando solicita dois quilos de alimentos não perecíveis que são trocados por uma camisa que dá acesso à troça carnavalesca da Educação “É só Querer”, fundado em 1985.  Ano passado, a troça conseguiu mais de 1,2 tonelada de alimentos não perecíveis que foram doados a instituições filantrópica de Olinda.

PERCURSO | saída Rua 27 de Janeiro, subindo pela Prudente de Morais com a Bernardo Vieira de Melo, São Bento e retornando pela Rua 27 de Janeiro até Centro Cultural Luiz Freire.

%d blogueiros gostam disto: