Notícias

Um exemplo a ser seguido: estúdio de tatuagem em Olinda é o primeiro licenciado pela Vigilância Sanitária

Casa das Tatuagens, em Rio Doce, destaca-se nos requisitos fundamentais para o bom funcionamento

Publicado por: Redação da Secom, em: 15/08/19 às 17:42

Este slideshow necessita de JavaScript.

Agulhas e tintas autorizadas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária, descarte correto do lixo, temperatura ambiente recomendada, profissionais com cursos e certificados de várias especialidades. Esses e outros pontos foram fundamentais para que a Casa da Tatuagem, na II Etapa de Rio Doce, fosse o primeiro estúdio de tatuagem licenciado para funcionar em Olinda. A autorização, que é fundamental para a regularização dos estabelecimentos do ramo e pontos comerciais, foi oficializada pela Secretaria Municipal de Saúde. A documentação, inclusive, favorece os proprietários para o cadastro como microempresário nos órgãos responsáveis.

O casal Karine Andrade e Pedro Veras criou o ambiente há sete anos, na Rua das Tulipas, número 3. Eles foram montando aos poucos o espaço, sem o apoio familiar “falavam que era uma loucura nossa, hoje os mesmos falam que fizemos a escolha correta”, relembra Pedro. Mas o trabalho bem feito, com tudo autorizado e registrado, e efetuado com amor trouxe a recompensa.

“É um motivo de orgulho ser a primeira com a licença, acreditamos que o maior retorno que vamos conseguir é o aumento do público. Por outro lado, lamento que somos os únicos. Espero que possamos ser o primeiro de muitos, um exemplo a ser seguido. Para nós é gratificante, para os clientes é garantia de segurança”, acrescenta Pedro.

Mesmo com um grande número de estúdios na cidade, a procura espontânea para regularização ainda é bem pequena por parte dos proprietários de pontos de tatuagem. A equipe da Secretaria de Saúde faz um acompanhamento junto aos tatuadores, onde auxilia nas medidas que devem ser tomadas para essa legalização, com o intuito de resguardar tanto a saúde do cliente, quanto dos profissionais.

“Fizemos inspeção no ambiente, as capacitações dos profissionais também são importantes, Feitas as análises, emitimos a licença sanitária. Aqui destaco a esterilização, olhamos isso com o maior rigor. A parede lavável, higiene. O compromisso deste estabelecimento nos deixa muito felizes. Agora, convocamos os profissionais a se regularizarem. Vamos orientar, dar informações necessárias do ponto de vista do empreendedor e do cliente”, explicou o gerente do Departamento de Vigilância Sanitária de Olinda, Carlos Cazumbá.

Para regularizar os estabelecimentos, os interessados devem se dirigir à Vigilância Sanitária da cidade, que fica na Av. Ministro Marcos Freire, 1473, Bairro Novo. O telefone para contato é 3431-3053, e funciona das 8h às 16h.

“Procuramos a Vigilância Sanitária e estamos com a consciência tranquila. Começamos do nada. É complicado, as pessoas às vezes não têm noção de como é delicado trabalhar com tatuagem, são detalhes minuciosos. Fiz cursos de desenho, tatoo, piercing, sobre padronização do ambiente, entre outros. Ficamos surpresos em sermos os primeiros, achava que era comum. Tatuagem é uma arte, bonita, mas é coisa muito séria”, comemorou Karine.

%d blogueiros gostam disto: