Notícias

Um olhar especial para terreiros de matriz africana em Olinda

Saúde e cidadania beneficiam adeptos de religiões de herança afro

Publicado por: Redação da Secom, em: 10/04/19 às 16:49

Texto: Pedro Morais

Fotos: Secretaria de Saúde de Olinda

Adeptos de matriz africana estão recebendo um olhar diferenciado por parte da atual gestão municipal de Olinda. Com o programa Ação Saúde nos Terreiros, templos de candomblé e umbanda e de outras tendências afro passaram a contar com serviços de saúde e de cidadania. Nesta quarta-feira (10.04), o trabalho foi concentrado no Terreiro de Mãe Dorivan – Casa Rei Fogo, localizado na 2ª Travessa Agamenon Magalhães, 684, Salgadinho. Esta é a 7.ª edição do projeto. A iniciativa é fruto de uma parceria das secretarias de Saúde e de Desenvolvimento Social, Cidadania e Direitos Humanos.

Na programação foram oferecidos serviços de aferição de pressão arterial, testes rápidos de HIV, Sífilis e gravidez, mamografia de rastreamento (mulheres de 50 a 69 anos). Houve ainda consultas com clínico geral, exame de citologia, orientação nutricional e saúde bucal. O público foi informado acerca de prevenção de IST e AIDS, Saúde da Criança, Homem e Idoso.

Agente de Endemias promoveram ações de desratização na localidade e vacinação antirrábica.

O programa orientou sobre a obtenção da Carteira de Livre Acesso, cartão de estacionamento para idosos e pessoas com deficiência, e a realização do Cadastro Único (CadÚnico).

A coordenadora de Atenção à Saúde da População Negra e Pessoa com Deficiência, Carmem Cavalcanti, enfatizou a importância de mais uma ação. “Essa atividade é uma das prioridades do prefeito Professor Lupércio, cujo objetivo é fazer dos terreiros como espaço de saúde e cidadania, trazendo esses serviços à promoção e prevenção à saúde e agregando também serviços de cidadania”, enfatizou.

%d blogueiros gostam disto: