Notícias

Via Metropolitana Norte: grande obra que transformará a mobilidade em Olinda é assinada

Segundo Renildo Calheiros, "estrategicamente é a obra mais importante da história de Olinda". Terá corredor de ônibus, duas pistas para carros e ciclovia

Publicado por: Secom, em: 09/09/13 às 17:29
Também estiveram presentes, o secretário estadual das Cidades, Danilo Cabral, o ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho, o vice-prefeito de Olinda Enildo Arantes, e a deputada federal (PCdoB), Luciana Santos. Foto: Luiz Fabiano/Pref.Olinda

Também estiveram presentes, o secretário estadual das Cidades, Danilo Cabral, o ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho, o vice-prefeito de Olinda Enildo Arantes, e a deputada federal (PCdoB), Luciana Santos. Foto: Luiz Fabiano/Pref.Olinda

Foi assinada hoje pelo governador do Estado de Pernambuco, Eduardo Campos, na Rua Rua Pintor Manuel Bandeira, no bairro de Fragoso, a Ordem de Serviço das obras da Via Metropolitana Norte, com a presença do prefeito de Olinda, Renildo Calheiros.

A obra da Via Metropolitana Norte atenderá a cidade em vários aspectos, com o alargamento de três canais, a criação de vias para carro e ciclovia, além da construção de unidades habitacionais, transformando por completo a sua mobilidade.

A nova ligação entre Olinda e Recife beneficiará em torno de 130 mil pessoas. Serão duas pistas marginais com 10,5 metros de largura, com três faixas de rolamento cada, uma ciclovia ao longo da pista oeste, com 2,5 metros de largura, um viaduto sobre a PE-15, além do revestimento de 2,3 quilômetros de canal em complementação aos outros 2,3 quilômetros que já estão em obras pela Companhia Estadual de Habitação (Cehab).

A implantação da Via Metropolitana Norte facilitará a vida de pelo menos 70 mil motoristas e 60 mil usuários de ônibus que saem dos bairros de Maria Farinha, Pau Amarelo, Janga, Rio Doce e Jardim Atlântico. O sistema viário liga as rodovias PE-15 e PE-01, com faixa exclusiva para ônibus.

Foto: Luiz Fabiano/Pref.Olinda

Foto: Luiz Fabiano/Pref.Olinda

A obra está orçada em R$ 123 milhões.  A iniciativa faz parte do Plano de Mobilidade de Pernambuco (Promob) com recursos do Plano de Aceleração do Crescimento (PAC) da Mobilidade, do Governo Federal.

Nos canais, que já estavam em obras, estão sendo implantadas estruturas de concreto-armado chamadas de Aduelas. São peças que são encaixadas, formando o novo leito do canal, onde a água passará por dentro. Por conta do fluxo de água que cada canal recebe, a largura será diferente: 12 metros nos Bultrins, 35 metros no Fragoso, e 45 metros no Rio Doce.

Além de Eduardo Campos e Renildo Calheiros, estiveram presentes na solenidade, o secretário estadual das Cidades, Danilo Cabral, o ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho, o vice-prefeito de Olinda Enildo Arantes, e a deputada federal (PCdoB), Luciana Santos.

Renildo Calheiros, falou da importância da obra da Via Metropolitana Norte, e disse se tratar de uma das mais importantes, dentre todas que estão sendo realizadas no Brasil. “Essa é a obra mais reclamada pela Cidade de Olinda. É uma obra que atravessa a nossa Cidade. Sai da Ponte do Janga, chega à Perimetral e vai terminar dentro da Cidade do Recife. Estrategicamente é a obra mais importante da história de Olinda. Ela cruza uma área onde a população sempre viveu numa condição muito difícil, e que sempre teve uma pauta de reivindicações muito extensa”, informou.

Veja mais

%d blogueiros gostam disto: