Notícias

Vigilância Sanitária de Olinda vistoria fábricas de gelo

As visitas das equipes são realizadas de forma relâmpago a qualquer hora do dia e da noite, com o objetivo de fiscalizar as condições higiênicas e de funcionamento dos estabelecimentos

Publicado por: adminolinda, em: 29/12/11 às 10:30
Inspetor da Vigilância Sanitária faz teste para saber o teor do cloro da água - Foto: Secretaria de Saúde de Olinda

Inspetor da Vigilância Sanitária faz teste para saber o teor do cloro da água - Foto: Secretaria de Saúde de Olinda

Com a chegada do réveillon e a proximidade das prévias carnavalescas, aumenta o consumo de bebidas e alimentos em geral, bem como a utilização do gelo para conservação de alimentos, bebidas e consumo. Em virtude disto, a Vigilância Sanitária de Olinda (VISA) está intensificando a fiscalização nas fábricas de gelo da cidade.

O objetivo dos fiscais da Vigilância Sanitária é vistoriar a qualidade da água e da manipulação adequada dos utensílios usados para o preparo do produto. Olinda possui cinco fábricas de gelo e as vistorias ocorrem de forma eventual.

Para se saber a qualidade da água, na fiscalização o químico faz a coleta do produto e encaminha para o Laboratório da Água em Olinda para análise fisio-química e bacteriana.

CONSERVAÇÃO DOS ALIMENTOS – A Vigilância Sanitária tem realizado visitas frequentes em diversos estabelecimentos comerciais, como padarias, bares e restaurantes. Durante essas visitas os fiscais observam se eles estão com condições adequadas de higiene, conservação e manipulação de alimentos, sobretudo, condições estruturais do ambiente, atualização da licença da Vigilância e saúde do trabalhador.

Dicas da equipe da Vigilância Sanitária de Olinda:

Os funcionários dos estabelecimentos devem manter:

  • Unhas cortadas;
  • Cabelos e bigodes sempre aparados e protegidos
  • Uniformes completos e limpos;
  • Evitar o uso de adornos;
  • Lavar sempre a mãos;
  • A área de exposição dos alimentos deve estar sempre limpa e organizada;

Cuidados do consumidor ao comprar alimentos:

  • Observar data de validade e acondicionamento do produto, principalmente os industrializados que devem ter especificações nutricionais;
  • Alimentos importados devem conter na embalagem informações em português;
  • Embalagem original dos frios (queijos, chester, presuntos, etc);
  • Caso a embalagem seja do estabelecimento, procurar informações da procedência do produto com o responsável do setor;
  • Em caso de enlatados, não comprar se estiverem amassados, estufados ou enferrujados, com espuma ou vazamento.
%d blogueiros gostam disto: