Notícias

XIII Virtuosi se divide entre Olinda e Recife

Festival presta homenagens aos mestres Cussy de Almeida e Radegundis Feitosa. As apresentações em Olinda ocorrem no Convento de São Francisco

Publicado por: adminolinda, em: 30/11/10 às 16:34
O grupo canadense The Penderecki String Quartet é uma das atrações do XIII Virtuosi. Foto: Divulgação

O grupo canadense The Penderecki String Quartet é uma das atrações do XIII Virtuosi. Foto: Divulgação

O BNDES apresenta o XIII VIRTUOSI – Festival Internacional de Música de Pernambuco que, pelo segundo ano consecutivo, se divide entre o Teatro de Santa Isabel, Recife, e o Convento de São Francisco, em Olinda. De 13 a 19 de dezembro, o festival, que dedica esta edição ao maestro e violinista Cussy de Almeida e ao gênio do trombone Radegundis Feitosa, mantém a tradição de trazer grandes nomes internacionais como o violinista russo Ilya Gringolts, o pianista filipino Victor Asuncion, a soprano brasileira Gabriella Pace, o grupo canadense The Penderecki String Quartet, entre vários outros. A programação do XIII VIRTUOSI será gratuita.

Olinda – Para a abertura da programa do Convento de São Francisco, às 20h no dia 13 de dezembro, a produtora Ana Lúcia Altino e o diretor artístico do evento, o Maestro Rafael Garcia, convidaram o New Classic Ensemble Vienna, conjunto de música de câmara da premiada pianista Lisa Smirnova, que apresenta concertos para piano de Bach, Haydn e Mozart. No dia 14 de dezembro, o festival escalou um dos mais famosos conjuntos de câmara de sua geração, The Penderecki String Quartet. Formado pelos violinistas Jeremy Bell e Jerzy Kaplanek, violista Christine Vlajk e pelo violoncelista Jacob Braum, o conjunto vem pela primeira vez ao Brasil com o apoio do Canadá Council for the Arts e apresenta um repertório inédito com peças de Ravel, M. Mozetich, Bartok e Penderecki.

A carreira como solista e sua contribuição para a música de câmara inspiraram Lisa Smirnova a criar um conjunto que permitisse integrar suas duas paixões, o NEW CLASSIC ENSEMBLE VIENNA. Em 2008, a idéia tornou-se verdade com a ajuda de colegas que ela trabalhou durante muitos anos. O repertório do conjunto é baseado nos concertos para piano de Bach, Haydn e Mozart que são highlights no repertório de Smirnova. Estes concertos são apresentados em pequena formação combinando com música de câmara de várias épocas incluindo obras contemporâneas. O grupo é formado pela pianista Elisa Eisner-Smirnowa, violinistas Andres Mustonen e Werner Neugebauer, violista Firmian Lerner, cellista Detlef Mielke e contrabaixista Herwig Neugebauer.

Com extraordinária carreira, o THE PENDERECKI STRING QUARTET tornou-se um dos mais famosos conjuntos de câmara de sua geração. Realiza anualmente tournées nos Estados Unidos, América do Sul, Europa e Extremo Oriente. Apresentações recentes incluem New York, Madrid, Amsterdam, Praga, São Petersburgo, Roma. O Quarteto colabora regularmente com diversos artistas tais como Martin Beaver, Antonio Lysy, Jeremy Menuhin, James Campbell, saxofonista de jazz Jane Bunnett, entre outros. Fundado na Polônia, o Quarteto é um devotado defensor da música do nosso tempo. Descrito por Fanfare Magazine como “um conjunto de formidável poder e sensibilidade musical”, sua discografia inclui mais de 25 gravações. É quarteto em residência na Waterloo’sWilfrid University Laurier. Formado pelos violinistas Jeremy Bell e Jerzy Kaplanek, violista Christine Vlajk e cellista Jacob Braum.

O conjunto volta a se apresentar no Santander Cultural, às 17h do dia 18 de dezembro, com ingressos a R$ 5,00 e R$ 2,50, graças a uma parceria do espaço com o Virtuosi.

Recife – A programação do Teatro de Santa Isabel se divide entre as tradicionais séries Salão Nobre e Vicente Fittipaldi. A Série Salão Nobre, que acontece de 13 a 17 de dezembro, às 17h, abre seu programa com um tributo ao violinista Cussy de Almeida, falecido em julho deste ano. Ao todo serão quatro espetáculos incluindo o ciclo das Sonatas de Beethoven para violino e piano e Sonatas e variações para violoncelo e piano. Entre os destaques da programação da Série Salão Nobre, encontra-se o recital da soprano Gabriella Pace acompanhada do pianista Victor Asuncion interpretando peças dos compositores românticos Schumman e Schubert.

A partir da quarta-feira, 15/12, às 20h, o XIII VIRTUOSI inicia sua Série Vicente Fittipaldi, que abrigam os principais concertos do festival. A abertura apresenta uma homenagem a Radegundis Feitosa, maior trombonista brasileiro e grande colaborador desses treze anos de VIRTUOSI, falecido em julho deste ano. O Requiem para Um Trombone é uma peça inédita do compositor paraibano Eli-Eli Moura que será interpretada pela Orquestra Virtuosi, sob a regência do maestro Rafael Garcia, com a participação do Madrigal da UFPB, Gabriella Pace e o trombonista alemão Fredric Belli. Ainda em homenagem a Radegundis, o festival escolheu uma peça do maior trombonista do mundo, o sueco Christian Lindberg, que será interpretada pelo jovem alemão Frederic Belli, vencedor do Concurso Lindberg, realizado na Espanha.

Na quinta-feira, 16/12, às 20h, dando início à comemoração dos 200 anos de nascimento do compositor Franz Liszt, o festival, em parceria com o Consulado Geral da França no Recife, convidou o pianista francês Olivier Moulin que interpretará um recital com obras expressivas e de grande dificuldade técnica do compositor como Impromptu, Funérailles, Totentanz, entre outras. Na segunda parte do programa da noite de quinta-feira, o quarteto de cordas dinamarquês Arild Kvartetten apresentará o Quarteto Nº 8 de Shostakovich dedicado pelo compositor “às vitimas do facismo e da guerra”.

Para a sexta-feira, 17/12, também às 20h, o festival preparou uma noite “quase” russa com a presença do prêmio Paganini o violinista Ilya Gringolts, um dos mais importantes violinistas da atualidade que volta ao VIRTUOSI acompanhado pelo pianista ucraniano Peter Laul. No programa obras de Dvorak, Prokofiev e Tchaikowsky.

A partir das 20h do Sábado 18/12, o XIII VIRTUOSI apresenta os Virtuosis do Festival como Solistas da Orquestra regida pelo maestro Rafael Garcia. Entre os destaques, o pianista ucraniano Peter Laul com o Concerto Nº 1 de Shostakovich para piano, trompete e cordas, com a participação do trompetista pernambucano Nailson Simões.

O festival se despede no domingo, 19/12, a partir das 19h, com um recital do jovem pianista Mattheus Soucek, natural de Vienna e colecionador de prêmios incluindo Concurso Internacional Beethoven de Piano em Viena, que participa do festival com o apoio da Embaixada da Áustria. O pianista apresentará obras de Schubert, Beethoven, Rachmaninov e Scriabin.

O VIRTUOSI 2010 conta com patrocínio do BNDES, Caixa, Chesf, Copergás, Excelsior Seguros, apoio da Prefeitura do Recife, Prefeitura de Olinda, Canada Council for The Arts, Consulado Geral da França no Recife e Embaixada da Aústria. O festival tem ainda apoio da Cepe, Rede Globo Nordeste, Diário de Pernambuco e Golden Tulip Recife Palace.

XIII VIRTUOSI

13 a 19 de dezembro de 2010
Olinda – Convento de São Francisco (13 e 14 de dezembro)
João Pessoa – Igreja da Misericórdia
Recife – Teatro de Santa Isabel (13 a 19 de dezembro)
Entrada Franca
www.virtuosi.com.br

PROGRAMAÇÃO

Homenagem a Cussy de Almeida e a Radegundis Feitosa

OLINDA

SEGUNDA 13|12 20h
CONVENTO DE SÃO FRANCISCO

NEW CLASSIC ENSEMBLE VIENNA

J.HAYDN [1732-1809] Concerto para piano em Ré maior Hob.XVIII:II
W.A.MOZART [1756-1791] Gran Partita, K361
L.van BEETHOVEN [1770-1827] Danças Alemães WoO8
V.SILVESTROV [1937] 3 Peças para violino e piano (2005)
W.A.MOZART [1756-1791] Concerto para piano em Mi bemol maior, K271 “Jeunehomme”

Elisa Eisner-Smirnowa, piano
Andres Mustonen, violino
Werner Neugebauer, violino
Firmian Lerner, viola
Detlef Mielke, cello
Herwig Neugebauer, contrabaixo

TERÇA 14|12 20h
CONVENTO DE SÃO FRANCISCO

THE PENDERECKI STRING QUARTET

M. RAVEL [1875-1973] Quarteto de cordas em Fá maior
M. MOZETICH [1948] “Lament in the Trampled Garden” (1992)
JUNO Award 2010, Canadá
B. BARTOK [1881-1945] Quarteto de cordas nº 4
K. PENDERECKI [1933] Quarteto de Cordas nº 2 (1968)

Jeremy Bell, violino
Jerzy Kaplanek, violino
Christine Vlajk, viola
Jacob Braum, cello

%d blogueiros gostam disto: