Notícias

Em Olinda, queima da lapinha será na Praça do Carmo

Seguindo a tradição popular, o ritual encerra o ciclo natalino e marca o início das festividades carnavalescas

Publicado por: Secom, em: 03/01/14 às 15:00
Apresentação de grupos de pastoril durante o ciclo natalino de 2009. Foto: Ádria de Souza

Apresentação de grupos de pastoril durante o ciclo natalino de 2009. Foto: Ádria de Souza

A queima da lapinha é um ritual tradicional que marca o encerramento do ciclo natalino e a chegada do Carnaval e acontece, geralmente, no dia 6 de janeiro, o Dia de Reis. A tradição é realizada juntamente com o cortejo de grupos de pastoril. Em Olinda, o Pastoril Estrela de Belém realizará, com o apoio da Prefeitura, a queima da lapinha na próxima segunda-feira (6), às 19h30.

A cerimônia acontece em frente à Igreja do Carmo, onde será montado um tablado para a apresentação do Pastoril Estrela de Belém. Antes disso, o grupo, formado por 30 meninas e três meninos, realiza um cortejo pelas ruas de Olinda, saindo da Rua Sarapião, no bairro do Amaro Branco, e seguindo pela Rua Esdras Farias, Praça do Dantas Barreto e Rua do Sol.

Ao chegar na Praça do Carmo, acontece a queima da lapinha, que é a queima da manjedoura e outros adereços presentes no presépio montado para simbolizar o momento do nascimento de Jesus. O ritual também inclui o uso de defumador com essência de mirra, que, segundo a tradição, tem poder purificador. As pessoas que participam da cerimônia anotam pedidos em papéis, que são depositados para queimar com a lapinha.

Tradição – A queima da lapinha é uma manifestação folclórica, ou seja, criada pelo povo e passada de geração em geração. Apesar de não estar presente no calendário cristão, o ritual possui importante valor religioso para quem participa. Em Olinda, o Pastoril Estrela de Belém, liderado por Ana Lúcia Nunes da Silva, 69 anos, mantém viva a tradição, que ocorre anualmente.

Serviço

Data: 06/01/2014
Local: Praça do Carmo (em frente a Igreja do Carmo)
Horário: 19h30
Roteiro: Sai da Rua da Sarapião, 195, Amaro Branco, e segue pela Rua Esdras Farias, Praça Dantas Barreto e Rua do Sol até chegar à Praça do Carmo

%d blogueiros gostam disto: