Notícias

Famílias de alta vulnerabilidade acompanhadas pelo Programa Criança Feliz recebem cestas básicas durante a quarentena

O projeto atua no desenvolvimento infantil, reduz a desigualdade social e gera oportunidades para o crescimento saudável

Publicado por: Redação da Secom, em: 19/05/20 às 13:10

Este slideshow necessita de JavaScript.

Mesmo com as visitas presenciais suspensas do Programa Criança Feliz, o Cadastro Único de Olinda não deixa de acompanhar as famílias assistidas pelo projeto. O acolhimento de forma online possibilitou que famílias de alta vulnerabilidade recebessem cestas básicas nesse período de pandemia do Novo Coronavírus.

Antes de conceder os gêneros alimentícios, a Secretaria de Desenvolvimento Social, Cidadania e Direitos Humanos realizou uma triagem para identificar as demandas prioritárias. Algumas famílias recebem as cestas em domicílio, outras estão indo pegar na sede do CadÚnico, em Bairro Novo.

O programa tem como público alvo a primeira infância, ou seja, são atendidas mulheres gestantes, além de meninos e meninas, de zero aos seis anos de idade. Ele oferece orientações e atendimento, sanando assim as principais dúvidas dos pais e fortalecendo os laços familiares. Vale lembrar que durante esse período de isolamento social, o programa está disponibilizando uma série de atividades e orientações remotas para o público.

%d blogueiros gostam disto: