Notícias

Prefeitos se reúnem com Paulo Câmara para tratar da problemática do óleo nas praias

Já são 13 municípios pernambucanos atingidos pelo material de origem ainda desconhecida

Publicado por: Secom, em: 23/10/19 às 18:48

O prefeito de Olinda, Professor Lupércio, participou na tarde desta quarta-feira (23.10) de uma reunião de monitoramento integrado com o governador de Pernambuco, Paulo Câmara, sobre a chegada e o impacto do óleo às praias pernambucanas. O encontro contou com a presença de prefeitos dos 13 municípios pernambucanos que já registraram incidentes com material, além de técnicos das áreas envolvidas, como Defesa Civil e secretarias de Meio Ambiente. 


Nove estados brasileiros já registraram ocorrência do aparecimento do óleo de origem ainda desconhecida, que tem causado danos ambientais a costa da Região Nordeste. A situação no Estado também conta com o monitoramento do Grupo de Acompanhamento e Avaliação (GAA), formado por representantes da Marinha,  do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).


Mesmo a cidade de Olinda não tendo recebido grande volume do material, vestígios foram identificados no início de setembro na praia de Del Chifre, o prefeito Professor Lupércio mantém monitoramento constante todos os dias na orla. 


“A atenção é total com as secretarias de Meio Ambiente, Defesa Civil, Segurança Urbana e de Serviços Públicos monitorando toda extensão da nossa orla. Além dos técnicos na praia e no mar, contamos com o recurso de drones da Guarda Municipal”, disse o prefeito. 


O governador Paulo Câmara explicou que a intenção do encontro foi coordenar os trabalhos e elencar o que tem sido feito. “Vazamento de óleo vindo do mar para as praias de Pernambuco é algo inédito”, frisou o gestor. “O olhar precisa ser dado para a proteção dos estuários. As ações de limpeza continuam.”


O Comandante de Operações Navais da Marinha, o Almirante de Esquadra Leonardo Puntel, ressaltou que as forças armadas estão empenhadas e são aliadas dos municípios e estados para a limpeza das praias atingidas. “No mundo ocidental não se tem notícia de um acidente como esse. Há a certeza de que foi do exterior”, afirmou.


MONITORAMENTO

 

Na manhã desta quarta (23.10), o prefeito Professor Lupércio e o vice Márcio Botelho receberam a promotora do Ministério Público de Pernambuco Belize Câmara para avaliar o que tem sido feito para combater os vestígios de óleo, caso afete a orla olindense. O encontro consistiu numa visita ao quebra-mar localizado na ilhota da praia de Bairro Novo. Os envolvidos atravessaram, avaliaram a costa e discutiram o que pode ser feito para combater esse crime ambiental.

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

%d blogueiros gostam disto: