Notícias

Campus do IFPE é inaugurado em Olinda

Em parceria com o Governo Federal, a Prefeitura de Olinda inaugura, na próxima quarta (15), o campus provisório do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Pernambuco - antiga escola técnica federal

Publicado por: adminolinda, em: 10/10/14 às 18:51
O IFPE funcionará provisoriamente na Escola Municipal Bispo Robinson Cavalcanti, em Jardim Atlântico, enquanto a sede definitiva não é construída. Foto: Luiz Fabiano/Pref.Olinda

O IFPE funcionará provisoriamente na Escola Municipal Bispo Robinson Cavalcanti, em Jardim Atlântico, enquanto a sede definitiva não é construída. Foto: Luiz Fabiano/Pref.Olinda

Olinda habilitou-se junto ao Governo Federal no programa de construções de Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia e inaugura, no prédio da Escola Municipal Bispo Robinson Cavalcanti, onde funcionará provisoriamente o campus Olinda do IFPE. É a primeira vez que a população do município terá a oportunidade de adquirir formação técnica profissional perto de casa. Cento e quarenta e quatro estudantes estão matriculados nos cursos de Artes Visuais e Computação Gráfica cuja escolha foi manifestada pela própria população do município através das pesquisas de campo. O edifício fica na rua Sérgio Godoy de Vasconcelos, no bairro de Jardim Atlântico, e sua inauguração está prevista para as 10h.

Na ocasião, haverá uma solenidade com abertura da Banda Sinfônica do Centro de Educação Musical de Olinda (CEMO). Logo após, a Prefeitura fará uma homenagem póstuma ao bispo diocesano da Igreja Anglicana, cientista político e ex-professor da Universidade Federal Rural de Pernambuco, Bispo Robinson Cavalcanti, que deu nome à escola que receberá o IFPE Olinda. À tarde, a partir das 15h, as atividades do IFPE iniciam com uma aula inaugural para todos os alunos.“Esta parceria é uma conquista muito grande para Olinda. Com a vinda dos cursos técnicos do IFPE, mais conhecidos como as antigas escolas técnicas federais, nossos jovens e olindenses terão perto de sua moradia uma oportunidade de qualificação profissional permitindo aos moradores, mais oportunidades de emprego”, diz o prefeito de Olinda, Renildo Calheiros.

“É uma alegria, para nós, estabelecer esta parceria com o IFPE. Tudo o que possa contribuir para a formação e enriquecimento cultural dos moradores de Olinda é de nosso interesse, também. Acredito que será um ótima oportunidade”, diz a secretária de Educação de Olinda, Márcia Souto.

A abertura das aulas, no período da tarde, conta com a participação da reitora do IFPE, Cláudia Sansil, alunos, professores e comunidade. A diretora do Instituto, Velda Martins, fala sobre a vinda do IFPE para Olinda. “A solenidade de entrega do prédio da Escola Municipal Bispo Robinson Cavalcanti estabelece a parceria entre o Governo Federal, por intermédio do IFPE, e a Prefeitura de Olinda. Ao mesmo tempo, consolida o compromisso em ampliar a oferta de vagas da educação profissional, no estado”, diz ela.

Bispo Robinson Cavalcanti – foi membro da Academia Pernambucana de Educação e Cultura, Academia Pernambucana de Ciências Jurídicas e Morais e Cidadão Honorário da Cidade de Olinda, onde realizou projetos sociais. Sua vida intelectual foi muito rica. Concluiu os cursos de Língua e Cultura Hispânica, Licenciatura em Ciências Sociais na Universidade Católica de Pernambuco, Língua Inglesa, na Sociedade Cultural Brasil e Bacharelado em Direito na Universidade Federal de Pernambuco, tendo realizado estágio no Departamento de Ciências Sociais da Universidade da Califórnia, em Los Angeles. Na década de 1970, concluiu mestrado em Ciência Política no Instituto Universitário de Pesquisas do Rio de Janeiro (IUPERJ), da Universidade Cândido Mendes.

Na imprensa, também, teve forte atuação. Escreveu e participou de vários veículos de comunicação impressos, radiofônicos e televisivos como o Jornal do Commercio, onde assinava a coluna Evangelismo, o Diario da Noite, com a coluna Panorama Evangélico, a revista paulista Kerygma e a mineira Ultimato, onde ele escreveu durante 27 anos. Publicou mais de mil artigos sobre Teologia e Ciência Política, tanto no Brasil como no exterior. As participações na TV e no rádio vieram de suas conferências e palestras, especialmente, na área ética social.

Sede definitiva – Nas regras do programa, o município deve doar um terreno, nas dimensões e demais condições exigidas, para implantação do instituto. Devido à escassez de áreas disponíveis para abrigar grandes empreendimentos, a prefeitura identificou uma área particular que atendesse às condições exigidas pelo programa. A Prefeitura então, decretou de utilidade pública um terreno localizado no bairro de Casa Caiada, próximo ao conjunto residencial Vaticano.

Como não houve acordo entre o poder público e o proprietário da área, a Prefeitura de Olinda ingressou com ação judicial de desapropriação, que ainda não foi definitivamente encerrada. Para agilizar a implantação do campus, a prefeitura cedeu o prédio em Jardim Atlântico para sediá-lo provisoriamente.

Acompanhe o processo

28 de fevereiro de 2012 – Protocolada na Justiça Estadual, a ação de desapropriação;
14 de março de 2013 – Prolatada sentença favorável ao pedido de desapropriação do Município de Olinda;
20 de agosto de 2013 – A empresa que detinha a propriedade do terreno recorreu ao Tribunal de Justiça de Pernambuco, que rejeitou o recurso e manteve a sentença que julgou procedente a desapropriação;
07 de agosto de 2014 – Mais uma vez a empresa recorreu, desta vez ao Superior Tribunal de Justiça (STJ), em Brasília/DF.O recurso da empresa também foi rejeitado, mantendo a desapropriação solicitada pelo Município de Olinda.
Fase atual – A empresa ingressou, recentemente, com novo recurso, agora para o Supremo Tribunal Federal, última instância do Poder Judiciário Brasileiro. A Secretaria de Assuntos Jurídicos de Olinda procura agilizar o julgamento desse último recurso, para finalizar o processo de desapropriação.

 

%d blogueiros gostam disto: