Notícias

Com o fim do LOCKDOWN, Olinda Segue o decreto do Governo do Estado

Prefeitura detalha como será feito o plano de retomada econômica da cidade

Publicado por: Redação da Secom, em: 02/06/20 às 11:10

No último domingo (31.05), o Governo de Pernambuco decretou o fim do lockdown nos cinco municípios mais movimentados do Estado, incluindo Olinda. E, seguindo as recomendações do Estado dadas na última segunda-feira (1º), a Prefeitura de Olinda detalha como será feito o plano de retomada dos setores envolvidos na cidade.

O uso de máscara continua obrigatório em todo território municipal. O plano inicial é retomar a economia da cidade em 11 semanas. A princípio, as lojas de material de construção e delivery do comércio não essencial foram liberadas ainda segunda-feira (como estavam funcionando antes do lockdown).

Para a próxima semana, a partir do dia 08.06, a construção civil retorna com restrição de 50% da capacidade e horário fixo de funcionamento, das 9h às 18h. O comércio atacadista também volta e deverá funcionar das 9h às 18h.

Já para 15 de junho é prevista a abertura de pequenas lojas de bairros com 200 m². Focando sempre nos cuidados que todos precisarão ter nesse recomeço, a prioridade é a vida das pessoas. Dentro desse grupo, também estão os salões de beleza e serviços de estética, que passam a funcionar com novas regras e protocolos: sem fila de espera, com agendamento e atendimento de um cliente por vez. Os shoppings centers funcionarão para a retirada de compras no local. Além disso, haverá o retorno dos treinos para os times de futebol.

Os demais setores ainda estão sem data para retomar, nessa categoria estão os setores de bares, restaurantes, educação e o convívio social, que inclui praia, calçadão e praças. Permanece proibida a concentração de pessoas no mesmo ambiente em número superior a dez.

É muito importante nesse momento que o público que tiver contato com pessoas diagnosticadas com COVID-19 deverão cumprir quarentena domiciliar de 14 dias, independentemente de aparecimento de sintomas, mantendo a rotina de trabalho remoto, sempre que possível.

%d blogueiros gostam disto: