Notícias

MIMO 2014 começa em Olinda

Prefeitura da cidade montou esquema especial para garantir a segurança e mobilidade dos presentes. O MIMO, maior festival gratuito de música instrumental do país, acontece até domingo (7). Confira a programação

Publicado por: Secretaria de Comunicação, em: 04/09/14 às 12:36
Concerto da Orquestra Jovem do Conservatório Pernambucano de Música na igreja do Carmo, durante o MIMO 2013. Foto: Beto Figueiroa

Concerto da Orquestra Jovem do Conservatório Pernambucano de Música na igreja do Carmo, durante o MIMO 2013. Foto: Beto Figueiroa

Começa hoje (4) a 11ª Edição do MIMO, maior festival gratuito de música instrumental do país, e que será realizado na cidade até domingo, 07 de setembro. Com o apoio da Prefeitura de Olinda, o evento vem se firmando como polo de música plural e de valorização do patrimônio histórico brasileiro. Para garantir que a festa ocorra sem problemas, a prefeitura prepara uma série de serviços que visam garantir a segurança e a mobilidade das pessoas no evento.

Com o apoio da Polícia Militar, equipes da Secretaria de Planejamento e Controle Urbano estarão em pontos específicos promovendo a troca de garrafas de vidro por recipientes plásticos. Outros grupos, em parceria com a Vigilância Sanitária, estarão circulando pelas ruas fiscalizando o comércio de alimentos e serviços. O objetivo é conferir a procedência e higienização dos alimentos e a regularização do comerciante.

Agentes de Trânsito irão montar bloqueios nas principais ruas do Sítio Histórico, das 15h às 23h, para reduzir o tráfego durante as apresentações.

Serão quatro bloqueios:
1) Entre as ruas São Francisco e Bispo Coutinho;
2) No cruzamento da Avenida Liberdade com a Rua do Bonfim (em frente à FOCCA, deixando sentido único o percurso entre a Praça de São Pedro e a Praça do Carmo);
3) Na Academia Santa Gertrudes;
4) Na esquina da Rua São Francisco com a Avenida Liberdade (com o objetivo de impedir veículos no sentido Carmo – Alto da Sé).

Também foram providenciados estacionamentos em cinco locais: Sítio de Seus Reis; Fortim; Mosteiro de São Bento; Academia Santa Gertrudes e Largo do Rosário.

Concerto de Richard Galliano e Quinteto da Paraiba na Igreja da Sé, durante o MIMO 2013. Foto: Tiago Calazans

Concerto de Richard Galliano e Quinteto da Paraiba na Igreja da Sé, durante o MIMO 2013. Foto: Tiago Calazans

Quem quiser participar do evento, deve buscar as senhas para os concertos realizados nas igrejas da cidade na Biblioteca Municipal de Olinda, que é localizada na Avenida da Liberdade, 100, Carmo.

As senhas dos concertos realizados às 18h e 19h devem ser retiradas a partir das 17h do dia do evento desejado. Já para os que acontecem às 20h30, as senhas devem ser retiradas a partir das 18h, no dia do concerto. Serão distribuídas no máximo 2 senhas por pessoa. Espaços sujeitos à lotação. O festival oferece telões com transmissão simultânea para os concertos, nas áreas externas das igrejas.

Programação dos Concertos

04/09 – Quinta-feira
20h30 – Igreja da Sé – Trilok Gurtu Band (Índia)
22h30 – Praça do Carmo – Chick Corea & The Vigil (EUA)

05/09 – Sexta-feira
18h – Mosteiro de São Bento – CHAARTS (Suíça)
19h – Seminário de Olinda – Renata Rosa e Emily Loizeau (França)
20h30 – Igreja da Sé – Jordi Savall e Héspèrion XXI (Espanha)
22h30 – Praça do Carmo – Winston McAnuff & Fixi (Jamaica/França)
00h30 – Praça do Carmo – Bassekou Kouyate & Ngoni Ba (Mali)

06/09 – Sábado
18h – Igreja do Carmo – Sonia Wieder-Atherton (França)
19h – Seminário de Olinda – James Duncan Mackenzie Band (Escócia)
20h30 – Igreja da Sé – Egberto Gismonti e Part. Esp. Jacques Morelenbaum (Brasil)
22h30 – Praça do Carmo – Grupo Bongar (Brasil)
00h30 – Praça do Carmo – Jorge Mautner – Part. Especial Otto

07/09 – Domingo
16h – Praça do Carmo – Jorginho Neto e Banda – Vencedor do Prêmio MIMO Instrumental
18h – Praça do Carmo – Areia e Grupo de Música Aberta

Programação do Festival Audiovisual Mimo

04/09 – Quinta-feira
18h – Mercado da Ribeira – Aprender a Ler pra Ensinar Meus Camaradas, de João Guerra
19h – Igreja da Sé – A Música Segundo Tom Jobim, de Dora Jobim e Nelson Pereira dos Santos
20h – Mercado da Ribeira – Damas do Samba, de Susanna Lira
20h – A Casa do Mário, de Luiz Bargmann Netto

05/09 – Sexta-feira
18h – Mercado da Ribeira – Geração Baré-Cola: Usuários de Rock, de Patrick Grosner
18h – Mercado da Ribeira – Oleguns Olô Fê, de Fernando Mamari e Tarsilla Alves
18h – Pátio do Seminário – Israel Casa de Bamba, de Felipe Ivanicska
19h – Igreja da Sé – Jorge Mautner, O Filho do Holocausto, de Pedro Bial e Heitor D’Alincourt
20h – Mercado da Ribeira – Triunfo, de Caue Angeli e Hernani Ramos
20h – Mercado da Ribeira – Patativa: Xiri Meu “Eu Não Dou”, de Tairo Lisboa
20h – Mercado da Ribeira – O Homem que Pintava Músicas, de Jackson Abacatu

06/09 – Sábado
18h – Mercado da Ribeira – Democracia em Preto e Branco, de Pedro Asbeg
18h – Mercado da Ribeira – Atenciosamente, Lo Turco, de Débora Guimarães
18h – Pátio do Seminário – Sobre Amanhã, de Diego de Godoy e Rodrigo Pesavento
19h – Igreja da Sé – Dominguinhos, de Joaquim Castro, Eduardo Nazarian e Mariana Aydar
20h – Mercado da Ribeira – A Farra do Circo, de Roberto Berliner e Pedro Bronz
20h – Mercado da Ribeira – O Ouvido de Vinícius , de Sergio Oliveira e Ezequiel Pierri

07/09 – Domingo
18h – Mercado da Ribeira – A Briga do Cachorro com a Onça, de Hidalgo Romero e Alice Villela
18h – Mercado da Ribeira – Sinfonia, de Simon Pedro Brethé
18h – Mercado da Ribeira – O Canto da Lona, de Thiago B. Mendonça
20h – Mercado da Ribeira – Cauby: Começaria Tudo Outra Vez, de Nelson Honeff

Mais informações

• www.mimo.art.br

%d blogueiros gostam disto: